O que é e como funcionam os planos funerários

O que é e como funcionam os planos funerários

iStock 690408260 1024x653 - O que é e como funcionam os planos funerários

Ninguém gosta de pensar na morte, mas um dia todos precisaremos lidar com a perda de um ente querido e até com o próprio falecimento. Diferente dos populares planos de saúde, pouca gente opta por um plano funerário. Seja pela falta de conhecimento ou pelo tabu por pensar em planejar sua morte e de outras pessoas próximas. Porém, é de fundamental importância preparar-se, tanto pelo lado psicológico quanto pelo financeiro, para esse momento. E os planos funerários são uma boa alternativa.

iStock 690408260 300x191 - O que é e como funcionam os planos funerários

Créditos: iStock

O que é são planos funerários?

Os planos funerários são uma forma de se preparar para o falecimento com tranquilidade, pagando ainda em vida por algo que certamente será utilizado. A morte é inevitável, mas pode-se evitar deixar dor de cabeça para as pessoas que ficam. Ou seja, pagando um pouco por mês, você irá dispor de todos os serviços de um funeral, trâmites burocráticos, cemitério, velório, transporte e preparo do corpo.

Outra característica importante é que os planos funerários apresentam tanto opções individuais, com cobertura para morte apenas da própria pessoa, quanto familiares. Assim, dá para incluir o cônjuge, o companheiro, os filhos, os pais e outros dependentes.

Por que aderir a um plano?

O motivo mais óbvio para se aderir a um plano funerário é a inevitabilidade da morte. Portanto, todos devem estar bem preparados para quando acontecer. Além disso, um plano oferece mais tranquilidade para quem fica, em um momento de tanta sensibilidade e desgaste psicológico. É uma segurança para seus familiares.

No Brasil, o custo médio de um enterro é de R$ 2,5 mil, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário (Abredif). Em São Paulo, o valor mínimo para um funeral básico é de R$ 744,21, mas os custos podem ultrapassar R$ 24 mil dependendo do caixão, dos enfeites florais, mesa de condolência, véu e velas. Com um seguro funerário você tem acesso a tudo isso, inclusive o trabalho de ir atrás de cada item, pagando um pouco por mês. Você garante tranquilidade para você e sua família.

O que está incluso no plano funerário

O plano funerário familiar completo, por exemplo, cuida de todos os documentos e outros detalhes necessários, como:

  • caixão;
  • apoio de traslado;
  • registro e liberação de documentos;
  • taxas municipais;
  • enfeites florais no caixão, véu e velório;
  • troca de roupa e necromaquiagem facial;
  • cerimônia de despedida;
  • câmara fria para os casos de cremação;
Amenizando a dor da sua família

Tomar decisões quanto a velório, caixão, decoração, sepultamento ou cremação, entre outros detalhes, traz estresse aos familiares. Por isso, pense no dia de amanhã, para que o sofrimento da família não se torne ainda maior. Quando um plano funerário é feito, tudo fica organizado, com as devidas orientações para que os parentes tenham pelo menos tranquilidade no processo.

Outro ponto importante de ser avaliado é que um bom plano funerário traz serviços completos a respeito de toda a burocracia do funeral, deixando os familiares tranquilos e sem se preocupar com essas questões.

Quando se investe em um plano, os pagamentos são diluídos e com baixo custo, sem provocar impacto em suas finanças. Por isso, planeje-se o quanto antes.

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe seu comentário